quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Texto para um amor que mora longe...

É estranho, muito estranho
Pra onde as coisas vão
Conheço os seus passos
Sei até onde vão chegar
Mas não sei dos meus
Sei que nossos passos juntos são melhores
Mas não sei quando
Nem como estarão lado a lado
Talvez um dia, talvez meio dia
Ainda que cinco minutos
Ou segundos
Meu caminho ficaria diferente
Seria diferente
Queria mesmo saber se as estradas nos encaminharão para o mesmo lugar
Mas toda música fala de mar
Por que?
Vai saber se no lugar de caminho tem um rio
Existem rios que nem se cruzam
Existem outros que não se misturam
Águas negras e claras
Se separam
Como óleo e água
Queria mesmo saber
Como eu queria
Sei que quando não te tenho não me faz falta o mar
Nem todas as outras coisas...

2 comentários:

Danielle Mística disse...

hhhh Jujuba, que lindo! Identifiquei-me tanto!

Beijocas

Juliana Gonçalves disse...

Ah Dani!
=)

Os amores...tão intensos, por que distantes?

Beijos, linda!